Friday, December 07, 2001


ESPORTES
CORRUPÇÃO GENERALIZADA

As últimas noticias no setor de esportes mostra o porquê de nosso futebol estar perdendo para os piores países do mundo. A corrupção é mais que generalizada em todos os níveis governamentais.

A CPI do futebol está incriminando 17 dirigentes de vários estados do Brasil, a maioria cariocas.
O prejuízo para a Seleção Brasileira é tremendo. O dinheiro ainda é perdoável. Mas o que é pior, estão brincando com o sentimento do torcedor brasileiro. 170 milhões de pessoas enganadas e algumas dezenas de dirigentes, técnicos e jogadores envolvidos.

Apenas no Vasco da Gama um dirigente roubou 22 milhões de reais e deixou outro prejuízo de 70 milhões de reais. 92 milhões de reais um dirigente corrupto tira de uma torcida centenária. Os vascaínos não mereciam isso.
O esporte, principalmente o futebol, está em mão de pessoas comprometedoras, altamente profissionais no roubo, frias, caucilistas e maquiavélicas. Roubam tudo e no mesmo momento, desmentem perante as câmaras de televisão. "Somos todos honestos", chegam até a chorar.

Mas com esta CPI, alguma coisa começará a mudar, alguns irão fugir do país. Mas com certeza iniciaremos uma nova época em nosso trajeto esportivo.
Finalmente iniciaremos um longo tempo de sucesso em várias modalidades esportivas.

PAULO MARINHO

Thursday, December 06, 2001

EDUCAÇÃO

MUITO PODER E POUCA CULTURA
Nossos problemas educacionais podem ser resumidos em duas palavras: Poder e cultura.
Quando um jovem torna-se "poderoso" ainda pequeno e se teve pouca formação cultural, será um dos adolescentes problemáticos e uma das dúvidas como adulto.
A maioria das poucas crianças que se sentiram maiorais perante que a maioria e não foram bem orientadas pelos pais, receberam muito poder e pouca cultura, serão os comprometedores do futuro.
Basta analisar o exemplo de muitas famílias. As que os pais possuem dinheiro farto, e os filhos não tem acesso a essa fartura, ganharam poucos presentes e não tiveram carros quando menores, mas tiveram sim estudo a vontade. Este segmento na grande maioria serão profissionais de sucesso.

Outras crianças mimadas, que tiveram tudo sobrando, mesmo com os pais em dificuldades, sempre com carros na adolescência, estudos não muito levados a sérios. A grande maioria não terá suceso na vida.

Analisando os exemplos em todas as classes sociais, veremos que quanto menos poder se dá a uma criança, melhor ele será no futuro. A humildade deverá vir do berço.
Aquela tática que muitas mãe usam: vou dar tudo para meu filho, tudo o que não tive. É a maior das bestialidades em termos de educação infantil. É a pior tática que uma mãe pode adotar.
Se der um pouco de poder, terá que trabalhar muito mais a parte cultural, para poder ter sucesso na educação final desses adolescentes.
Realmente, com as crianças, o melhor remédio é ser "pão duro" em termos de dar dinheiro e presentes aos filhos. O melhor mesmo é dar atenção, estudo e cultura.
Há 25 anos estamos neste estudo. Temos centenas de nomes, mas para publicá-los termos que entrar em contato com as famílias. No próximo ano procuraremos algumas famílias e daremos continuidade a este assunto.

PAULO MARINHO